Respostas

2013-08-27T14:22:45-03:00
A condição interna foi fundamental: em primeiro lugar, a língua portuguesa permitiu a unidade cultural do território. Para além disso, o factor militar é óbvio, com a pacificação geral do mesmo território. Até ao final do século XIV, em cerca de 150 anos, poucas guerras foram travadas. Seguiu-se a paz com Castela, em relação à questão política a nível externo, no início do século XV. A nível interno, a grave questão social e política que assolou o país entre 1383 e 1385, já estava resolvida há quase 30 anos.

O factor religioso: a necessidade de expansão da influência católica para outros territórios. Aqui, entra uma nova questão para Portugal. Ora, se o território Português já estava definido há tanto tempo, para onde continuar esta expansão ? só havia uma via possível: o mar. O único território por explorar e que não era pertença de ninguém.

Também a forte tradição nas pescas. É claro que a influência muçulmana a nível técnico também é muito importante. Lisboa era já um importante ponto de navevagação e sobretudo de passagem entre o norte e o sul da Europa. Um entreposto de gente de diversas origens, desde cartógrafos, navegadores, comerciantes, etc.


3 5 3