Respostas

2013-09-01T16:37:01-03:00
A tese analisa o projeto de reconstrução da identidade nacional brasileira na Era Vargas (1930-1945), perscrutando os seus redimensionamentos na cultura escolar pública mineira. Para tanto, elegemos como espaço investigativo o Grupo Escolar José Rangel, situado no município de Juiz de Fora, no estado de Minas Gerais. Este foi o primeiro grupo escolar mineiro (1907), concebido como instituição educativa responsável pela constituição de uma nova cultura escolar, pautada em uma discussão política republicana acerca da importância da educação pública no processo de formação do cidadãopatriota. Imerso em um contexto de afirmação dos Estados Nacionais, entre os anos de 1930 a 1945, o Grupo Escolar José Rangel apropriou e redimensionou, em suas perspectivas política e pedagógica, o projeto estatal de reconstrução da identidade nacional brasileira preconizado por Vargas. Nosso objetivo, portanto, é analisar as práticas e os rituais cívicos e nacionalistas impressos na cultura escolar do Grupo José Rangel, destacando as suas contribuições específicas para o constructo político, social e cultural do Estado varguista, que instituiu, como projeto estatal, para garantia de seu poder, a necessidade premente de reconstrução da identidade nacional brasileira, sob a égide da modernização conservadora e da unidade nacional. Palavras-Chave: história da educação, cultura escolar; identidade nacional na Era Vargas