Ajuda gratuita
com as lições de casa!

80% das perguntas são respondidas dentro de 10 minutos

Fazer pergunta

Faça download no celular

Android iOS

Tarefa

Seguir

A grande novidade do tempo em que vivemos não é o surgimento de

  

A grande novidade do tempo em que vivemos não é o surgimento de uma sociedade em rede (que, de resto, sempre existiu desde que existem seres humanos em interação), mas a generalização do entendimento de que sociedade = rede social. (…)Foi ficando cada vez mais claro que, em qualquer lugar, pode-se “fazer redes”. Sim, em qualquer lugar: na vizinhança, na empresa, na ONG, entidade ou organização da sociedade civil, em um órgão governamental etc. Pouco importa se a estrutura dessas localidades ou organizações é vertical, hierárquica, centralizada: as pessoas que estão lá não são e não há como impedir que elas se conectem horizontalmente, de modo distribuído, umas com as outras. 

FRANCO, Augusto de. A Rede. 

  ...

A partir da análise dos textos acima, redija um texto dissertativo abordando o surgimento das redes sociais e a importância da compreensão do poder das redes descentralizadas no exercício da democracia.  

  

Denunciar!

Adicionar comentário

Escrever comentário

Respostas

Uma nova sociedade, onde a tecnologia predomina e facilita as relações sócio-cultural-econômicas, caracterizada pela capacidade de se obter qualquer informação, em qualquer momento, em qualquer lugar, onde o conhecimento é fundamental e deve ser cada vez mais compartilhado.Esta sociedade denominada por muitos de Sociedade da Informação, embora o termo seja ideológico e impreciso, também recebe outras denominações, como: Sociedade do Conhecimento, Sociedade do Saber, Nova economia, Cibercultura, Sociedade Digital, Sociedade Contemporânea, Sociedade em Rede entre outros.Não importa o nome, o que importa é entender sua formação. Para efeito de nossos estudos utilizaremos a expressão “Sociedade da Informação”.A origem do termo se deu no Japão por volta dos anos 60 sendo fundamentado na Globalização Neoliberal e baseia-se nos novos aspectos sócio-culturais-econômicos impulsionados pela tendência tecnológica dos anos 70 entre informática, telecomunicações e outros setores produtivos. É conseqüente da aceleração dos processos de produção e de disseminação da informação e do conhecimento.Informação e conhecimento são assim elementos chaves na sociedade atual e embora importantes nas sociedades que se antecedem tornam-se aqui fatores primordiais, essenciais e decisivos por serem recursos intangíveis, não esgotáveis e não deterioráveis.A Sociedade da Informação vêm se formando devido à reestruturação capitalista que originou um novo sistema econômico e tecnológico conhecido como Capitalismo Informacional.Nesta fase capitalista as informações e as idéias deverão circular de forma rápida. E a Internet é a rede de comunicação que permite essa veiculação quase que instantânea.O mundo está em constante transformação, e neste momento em que vivemos, as transformações estão baseadas nas tecnologias de informação e comunicação (TICs), que fornecem elementos necessários para a construção desta nova sociedade.A tecnologia é necessária para facilitar as relações sócio-cultural-econômicas e trazer soluções a problemas complexos em várias áreas do conhecimento. Porém, ela não determina a Sociedade. A sociedade que dá forma à tecnologia. Sendo assim, o homem nunca será dominado pela tecnologia como muitos leigos pensam. Neste contexto o rumo do desenvolvimento é determinado pelas revoluções tecnológicas pondo fim aos conflitos sociais, que estão presentes desde as sociedades que antecedem a Sociedade da Informação.
Foto de perfil do usuário luisa1998 Luisa1998 10.09.2013 Obrigado (1)
Denunciar!

Adicionar comentário

Escrever comentário

Você não encontrou o que estava à procura?

Fazer pergunta