Respostas

2013-09-12T21:02:01-03:00
É a forma de governo em que se tem um chefe elegido pela população para representa-la
2 4 2
2013-09-12T21:05:48-03:00
Com o golpe militar de 15 de novembro de 1889, que depôs Dom Pedro II, o Brasil deixa de ser um Império após o baile da despedida. A partir do ato simbólico da Proclamação da República do Brasil pelo Marechal Deodoro da Fonseca, formalizado em 15 de novembro de 1889, um novo tipo de regime é estabelecido e, assim, surgindo um novo período da história brasileira denominado Brasil República que perdura até hoje. Após a formação da república, o Brasil teve vários nomes posteriores, conforme as alterações no governo, incluindo "Estados Unidos do Brasil".Com relação a fundamentação filosófica dos grupos militares e latifundiários (ruralistas), a filosofia de Augusto Comte, o Positivismo teve papel marcante e relevante. De acordo com VALENTIM (2010. p. 33):"A Costituição Republicana, orquestrada no contexto da Proclamação da República, sinaliza à compreensão de como o ideário do Positivismo criado na França por Augusto Comte, enquanto corrente de pensamento norteadora, juntamente com a Costituição dos Estados Unidos, influenciaram no texto constitucional brasileiro promulgado em 1891.""República Federativa do Brasil" é o nome oficial atual do Brasil, uma democracia presidencialista, reestruturada em 1986 com o fim do Regime Militar Ditatorial inserido e formalizado em 1 de abril de 1964 pelo Exército Brasileiro.Esse período possui a seguinte divisão:República Velha (1ª República)República da Espada (1889 a 1894)República do Café-com-LeiteAniversário dos 50 anos da Proclamação da República.Era VargasGoverno ProvisórioGoverno ConstitucionalistaEstado NovoRepública PopulistaEurico Gaspar Dutra, Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek, Jânio Quadros e João Goulart.Ditadura Militar do Brasil (5ª República)Castelo Branco, Costa e Silva, Médici, Geisel e Figueiredo.Nova República (6ª República)José Sarney, Fernando Collor, Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso, Lula, Dilma Rousseff.