Respostas

2013-09-18T20:04:59-03:00
“O negro foi o principal fator de integração das três etnias (negros, índios e portugueses) que compõem o nosso povo”, afirmou o diretor do CNAB, Irapuan Santos, durante a sua palestra “O Negro e a Cultura Nacional”, realizada no III Congresso do CNAB.Irapuan listou as contribuições dos negros na formação da cultura nacional, partindo da constituição da própria língua, questão fundamental para a integração de uma Nação, que sofreu enorme influência dos afro-descendentes, passando pelas manifestações musicais, pela dança, literatura, entre outras.Na literatura, afirmou Irapuan, “o maior escritor brasileiro, e um dos maiores do mundo, foi um negro, Machado de Assis”. Segundo Irapuan, a contribuição dos negros na formação cultural brasileira não foi a de transferir a cultura africana para o Brasil, mas a de fornecer a base, o cimento para a criação de uma nova cultura. Com isso surgiu a umbigada, que deu origem ao samba e demais manifestações musicais e folclóricas existentes nos quatro cantos do país.O diretor do CNAB destacou ainda uma série de composições e sambas que buscaram exaltar os principais acontecimentos históricos que mudaram os rumos do país. “A primeira manifestação da nacionalidade, a batalha de Guararapes, foi imortalizada num samba-enredo do Martinho da Vila”, disse Irapuan, citando também trechos do samba composto por Mano Décio da Viola, em 1949, exaltando Tiradentes.Ele destacou ainda a “extrema vinculação da nossa música com o trabalho”, citando Paulo da Portela e outros compositores que eram operários, e a importância de Getúlio Vargas, que tomou medidas que não só beneficiaram os negros em relação ao trabalho, mas que também valorizaram a cultura negra.“Na questão cultural os negros têm muito o que falar”, disse, propondo que o CNAB realize anualmente um encontro de cultura de uma semana.“Esse país é nosso. Os tempos da África ficaram lá. Precisamos conhecer e entender a nossa História. Mas o principal é que nós construímos uma Pátria, que é gigante”, disse Irapuan.