Respostas

2013-09-20T18:00:30-03:00
De ascordo com a definição de Sistema de Economia  Colonial adotada pelo autor(VEJA CELSO FURTADO)., uma economia escravista especializada na produção de bens primários para exportação é uma Economia Colonial, independente de seu status jurídico, em relação á antiga Metrópole, isso porque o rítmo de crescimento dessa economia depende, basicamente, da evolução da demanda externa, pelos produtos que exporta, e é essa dependência que a caracteriza como colonial. O abandono do regime de trabalho escravocrata não determina necessariamente o fim dessa economia colonial. Se seu impulso de crescimento ainda redside na demanda externa pelas exportações. Enquanto perdurar essa dependência, a Economia Colonial, seja ela escravocrata ou não. O fim do período colonial se dará quando a evolução dessa economia estiver atrelada a impulsos gerados pelo Mercado Interno. Na Economia exportadora escravista, a renda gerada se concentra nas mãos dos exportadores, já que os trabalhadores, por serem escravos, não recebem salários. Parte da demanda por bens e serviços do setor exportador é satisfeita..............