Respostas

2013-09-23T00:47:33-03:00
Não, talvez houve um pouco de falta de aceitação pela vida que levou até considerar que a doença fazia parte da sua não considerando isso como discriminação. O mesmo através de suas vivencias mostra, como a doença de desenvolve e como percebemos o que ela é capaz de fazer com a mente e atitude das pessoas, ele relatou fatos, mostrando os sentimento diante deles, e depois de tudo isso que ela não é uma doença, ele é uma pessoa que convive com essa doença, aceita a mesma, controla e é capaz de ajudar outras pessoas que vivem da mesma forma.