Respostas

2013-09-22T18:05:28-03:00
A Confederação do Equador foi um movimento revolucionário, de caráter emancipacionista (ou autonomista) e republicano ocorrido em1824 no Nordeste do Brasil, tendo como centro irradiador a província de Pernambuco.1 Representou a principal reação contra a tendênciaabsolutista e a política centralizadora do governo de D. Pedro I (1822-1831), esboçada na Carta Outorgada de 1824, a primeiraConstituição do país. A revolução queria a formação de uma república baseada na constituição da Colômbia. Para o Brasil representava a ameaça de perder o Nordeste Sulamericano, então a sua região mais rica, populosa, exportadora, seu maior mercado externo e interno, fonte de impostos pra pagar as dívidas contraídas nas guerras contra Portugal (o que explica por que os anglo-saxões não apoiaram os nordestinos, já que temiam pelos juros da dívida anterior não serem pagos as custas do Nordeste para sustentar os banqueiros Rotshilds e cia). Já para o Nordeste era sua chance mor de se libertar de um país que só lhe sugava e nada re-investia em si (Portugal por séculos investiu seus melhores colonos e capital de Flandres e equipamentos/técnicas de fábricas de sacarose no Nordeste, o que o tornou de longe a maior economia do mundo português durante muito tempo seguido, por outro lado o Brasil apenas tirava impostos da região sem investir ao mesmo nível dos portugueses nem em capital humano do quais ainda eram insipientes e deficitários muito mais que o Nordeste e nem nas demais áreas; essa receita de parasitismo brutal fez com que o Nordeste em menos de uma década deixasse o topo das exportações e ficasse "apenas" com o título de maior mercado interno).
8 4 8
2013-09-22T18:15:03-03:00
O movimento não se sustentou politicamente porque as penas impostas aos revoltosos foram severas e D. Pedro não atendeu aos pedidos para que elas fossem mudadas. Mesmo com o fim da Confederação do Equador, a insatisfação contra o absolutismo do Imperador continuava e crescia cada vez mais.
17 4 17