Respostas

2013-09-24T20:14:39-03:00
Advérbios: Os advérbios se ligam aos verbos, aos adjetivos e aos próprios advérbios, e indicam circunstâncias. Podem ser:
de afirmação (sim, certamente);  
 de negação (não);
 
de dúvida (talvez, provavelmente);
 
de intensidade (bastante, muito, pouco, meio);

de lugar (abaixo, acima);  
de modo (bem, mal, e a maioria dos advérbios formados com o sufixo “-mente”);
 
de tempo (agora, ontem, hoje, amanhã); entre outros.
Uma característica importante dos advérbios é que eles podem variar apenas em grau (por exemplo, de superioridade: pouco – pouquíssimo), mas jamais em número (plural) e em gênero (masculino/feminino).
Preposição: As preposições ligam palavras entre si, são consideras ‘conectivos’. Exemplo: a, de, ante, para, contra, sobre, após, perante, entre, com, desde, em, até, sobre, trás, por, sem.
Conjunção: As conjunções assemelham-se às preposições, pois também possuem a função de ligar palavras. Porém, além de ligar palavras da mesma oração, as conjunções fazem ligações entre orações, exercendo uma função essencial na coesão de um texto. As conjunções são importantes, pois introduzem ideias às orações. Dentre as principais ideias expressas pelas conjunções, estão:  
a de adição (e, nem);
 
a de adversidade (mas, porém, contudo, todavia, no entanto, entretanto);
 
a de concessão (embora, apesar de);
a de alternância (ou...ou);  
a de condição (se);
 
a de conclusão (portanto, por isso, assim, então) e
 
a de explicação (pois, porque).

Interjeição: Consiste na representação de algumas expressões que utilizamos com frequência na oralidade para manifestar surpresa, susto, satisfação, suspiro etc. As mais comuns são “Ah!”, “Oh!”, “Bravo!”, “Ai!”.
3 4 3