Leia o texto abaixo: Para Lenin (1977), a tarefa da educação deve ser formar para o comunismo, o que significa dizer, formar para a superação da ordem do capital e para a transformação da realidade social para alcançarmos fins efetivamente humanos. Entretanto, essa formação não pode se dar apenas pela apropriação das insígnias comunistas e das formulações dos especialistas em cultura proletária, ela passa pela apropriação da soma dos conhecimentos acumulados pela humanidade sob o jugo da sociedade capitalista, latifundiária e burocrática. O que se coloca é a impossibilidade de se ensinar qualquer conteúdo que não o formulado no desenvolvimento da sociedade de classes. Gramsci (2001:p.49), num comentário sobre a escola tradicional, aponta um caminho para entendermos a questão: A escola tradicional era oligárquica já que destinada à nova geração dos grupos dirigentes, destinada por sua vez a tornar-se dirigente: mas não era oligárquica pelo seu modo de ensino. Não é a aquisição de capacidades de direção, não é a tendência a formar homens superiores que dá a marca social de um tipo de escola. A marca social é dada pelo fato de que cada grupo social tem um tipo de escola próprio, destinado a perpetuar nestes estratos determinada função tradicional, dirigente ou instrumental. Para o autor, criar uma nova cultura não significa apenas fazer individualmente descobertas “originais”; significa também, e, sobretudo, difundir criticamente verdades já descobertas, “socializá-las” por assim dizer; e, portanto, transformá-las em base de ações vitais, em elemento de coordenação e de ordem intelectual e moral. O fato de que uma multidão de homens seja conduzida a pensar coerentemente e de maneira unitária a realidade presente é um fato “filosófico” bem mais importante e “original” do que a descoberta, por parte de um “gênio” filosófico, de uma nova verdade que permaneça como patrimônio de pequenos grupos intelectuais .[...] (Alienação e Emancipação na transmissão do conhecimento escolar: um esboço preliminar. Mauro Sala: 2010)



Analise o texto e apresente o seu ponto de vista com relação ao papel da educação, considerando a seguinte afirmação: A escola tem o seu papel e se podemos afirmá-lo de maneira taxativa, diríamos que seu papel é o de fazer que “os dominados dominem as armas que os dominantes usam para dominá-los”, mesmo que possamos dizer que portar armas não seja abstratamente bom. (SALA: 2010, p.96) Elabore uma argumentação coerente para apresentar a sua opinião.

1

Respostas

2013-09-25T02:14:13-03:00
O principio de todo um processo de formação cultural e social na formação de um cidadão é através do conhecimento. No entanto para que esse conhecimento seja absorvido é necessário que o aluno como os dominados venham a absorver o conhecimento que os professores lhes oferecem, o conhecimento neste caso é a arma que os dominantes que nesta situação são os professores usam para dominar a sala de aula. Neste contexto a "arma" é fundamental para o crescimento do aluno. 
0