Respostas

2013-03-31T21:20:16-03:00
2013-03-31T21:42:24-03:00

Primeiro, tem que ser feito o famoso "chuveirinho" na equação:
3. 2y - 3.1 - 2.y - 2.2 = 4.y + 4.3

 

Após isso, é só realizar as multiplicações:

6y - 3 - 2y - 4 = 4y + 12

 

Pois bem, em uma equação, números e letras não podem pertencer ao mesmo membro. Dessa forma, temos que organizar a equação para que ela esteja equilibrada. Portando: números para o lado direito (depois do sinal igual) e as letras para o lado esquerdo (antes do sinal igual). Veja:

6y - 2y - 4y = 12 + 3 + 4

 

Obs.: Tem como regra a situação de ao passar para o outro membro um número (ou letra), inverte-se o seu sinal. Como assim? No caso anterior, o 4y, estava no segundo membro, como nele pertence a letra Y, deve-se estar antes da igualdade. Portanto, se era positivo (quando não apresenta sinal, considera-se +), passa para o outro membro com o sinal contrário, no caso, negativo (-).

 

Depois, só resolver:

Letra só resolve-se com letra.
Número só resolve-se com número.

 

4y - 4y = 19

0y = 19

 

Quando chegamos a esse caso, passamos o número (que pertence ao segundo membro - lado após a igualdade). No caso, se o zero está multiplicando o Y, ele passa com a operação inversa: divisão. Portanto:

y = 19/0

 

Logo, determina-se que a resolução é impossível.
De uma forma mais simplificada: Se tem 19 balinhas como pode dividi-las pra ninguém?

Então, deixe em forma de fração ou como pede o exercício.

 

Um beijo!

2 5 2