Respostas

2013-10-01T21:26:10-03:00
Na cultura religiosa deles, a época da conquista espanhola coincidia com o final de um ciclo histórico em que o deus Quetzalcoatl deveria retornar à Terra, e reencontrar-se com seu povo. E esse deus e seus acompanhantes viriam montados em animais desconhecidos (como eram, para os astecas, os cavalos dos espanhóis), e usando vestimentas exóticas (como as armaduras que os invasores usavam).

Enfim, tinha tudo para dar errado, para os astecas - e realmente deu. No lugar dos deuses esperados, que iriam trazer paz e prosperidade para todos, os espanhóis trouxeram destruição, morte e a pilhagem das suas riquezas. Os que não morreram na luta, pereceriam depois, aos milhares, vitimados pelas doenças trazidas pelos europeus, para as quais não possuíam anticorpos.

Foi uma catástrofe que atingiu a todos os povos do México pré-colombiano. Inclusive os que viviam na periferia do Império Asteca, e que, cansados de viver humilhados por este (e de serem recrutados para as cerimônias de sacrifício aos deuses, em que tinham os corações arrancados do peito), uniram-se aos espanhóis para derrotá-lo.
3 2 3