Respostas

2013-10-04T21:26:44-03:00
ANTIGÜIDADE ORIENTALAs mais antigas civilizações da história surgiram na Antigüidade Oriental entre os anos 4.000 a.C. e 2.000a.C. Foram as chamadas civilizações hidráulicas.As Principais civilizações da Antigüidade Oriental foram:egípcios (Vale do Nilo)qmesopotâmicos (Vale do Tigre e Eufrates)qhebreus (Vale do Jordão) fenícios (Líbano atual)qpersas (Planalto do Irã)qhindus (Planície Indo-gangética)qchineses (Vales do Tang-tse e Huang Ho).qEstas civilizações apresentaram características comuns como a escrita, a arquitetura monumental, aagricultura extensiva, a domesticação de animais, a metalurgia, a escultura, a pintura em cerâmica, adivisão da sociedade em classes e a religião organizada (estruturada com sacerdotes, lugares parareverenciar os deuses e assim por diante).A invenção da escrita permitiu ao homem registrar e difundir idéias, descobertas e acontecimentos queocorriam ao seu redor. Esse avanço é responsável por grandes progressos científicos e tecnológicos quepossibilitaram o surgimento de civilizações mais complexas.Exemplos de tipo de escrita:Suméria - cuneiforme (gravação de figuras com estilete sobre tábua de argila)qEgito - hieroglífica (com ideogramas)qFenícia (atual Líbano) Fonético - (alfabeto)
1 4 1
2013-10-04T21:35:20-03:00
Fenícia se localizava no norte da antiga canaã ao longo das regiões litorâneas dos atuais Líbano, síria e Israel. A civilização fenícia foi uma cultura comercial marítica empreendedora que se espalhou por todo mar mediterrânio durante o período que foi de 1500 a.C. a 300 a.C. Os fenícios realizavam comércio através da galé, um veículo movido a velas e remos, e são creditados como os inventores dos birremes. Não se conhece com exatidão a que ponto os fenícios viam a si próprios como uma única etnia; sua civilização estava organizada, de maneira semelhante à Grécia antiga; cada uma destas constituía uma unidade política independente, que frequentemente se entravam em conflito e podiam dominar umas as outras - embora também colaborassem através de ligas e alianças. Através do comércio marítimo, os fenícios espalharam o uso do alfabeto até o Norte de África e Europa, onde foi adotado pelos antigos gregos. Além de suas diversas inscrições, os fenícios deixaram diversos outros tipos de fontes escritas, porém poucas sobreviveram até os dias de hoje.