Respostas

2013-10-09T19:37:54-03:00
DINTRODUÇÃO: Com o desenvolvimento do capitalismo concorrencial, o governopassa a interferir diretamente na organização da economia através da legislação, e oEstado torna-se responsável pela prestação de serviços sociais que são necessários anova forma vigente, imposta pelo capital. É a partir da formação de monopólioseconômicos que surge o capitalismo monopolista o qual evidenciou a acumulação docapital e acentuou a relação entre o capital e o trabalho, surgindo assim as expressões da“questão social”. No século XIX com as lutas, mobilizações operárias é que surgem aspolíticas sociais provenientes desta relação de contradição. As políticas sociais foram decerta forma uma estratégia por parte do Estado para amenizar os problemas da “questãosocial”, onde o Estado retrata uma relação de dominação dos homens sobre os homens,relação de dominados e dominantes baseada na força e imperatividade da lei. Destaforma, as políticas sociais são criadas para “amenizar” os efeitos nocivos das políticasenonômicas, ou seja, elas surgem a partir da reivindicação da classe trabalhadora, masvem atender aos interesses da classe dominante. O Brasil é um país marcado peladesigualdade social a qual faz parte do seu contexto histórico, pois desde suacolonização convivemos com os problemas provenientes da exclusão social. A miséria éresultado de seu subdesenvolvimento, onde apenas ocorre o crescimento de alguns, quese dá através da exclusão social, econômica e política. Pode-se observar que a pobreza eoutros fenômenos a ela associados como a fome, a miséria, o desabrigo, o abandono,entre tantos outros, não podem seguir sendo tratados através de gestos de caridade,