Respostas

2013-10-11T19:08:34-03:00
Revolução Francesa

A revolução francesa é considerada o modelo clássico da revolução burguesa. Esta revolução destruiu o chamado Antigo Regime, extinguiu os resquícios feudais, acabou com um modelo de organização política e social baseada nos privilégios de nascimento e posição social e colocou a burguesia no poder. Começa-se, assim, a construção de uma nova ordem social, liberal, burguesa que, por isso mesmo, alterou profundamente a vida das pessoas desde os aspectos aparentemente banais, como a maneira de se vestir e aspectos mais profundos, como a organização política, a cidadania e as relações entre os Estado e a sociedade. Durante o governo de Luís XIV ocorria um fenômeno que se agravou: o Estado gastava mais do que arrecadava. Para a maioria da população francesa o fato era que os grupos privilegiados (clero, nobreza e o rei) gastavam recursos públicos como se fossem inesgotáveis e desses grupos não eram arrecadados impostos. Os grupos sociais que geravam riquezas (burguesia, trabalhadores urbanos e camponeses) não possuíam privilégios e viviam pagando pesados impostos ao Estado. A sociedade francesa da época era dividida em: Primeiro estado: composto pelo clero francês. A religião predominante era o catolicismo, por isso a igreja arrecadava grandes quantias. Segundo estado: composto pela nobreza. Possuíam incontáveis privilégios, como a isenção de impostos. Terceiro estado: formado pela maioria camponesa, sustentavam o primeiro e o segundo estado com as taxas e os impostos. Ocorreram reformas sociais que transformaram a realidade francesa: ·        
Aboliu-se  a escravidão nas colônias francesas;
·        
Fez-se a reforma agrária;
·        
 
Aplicou-se a Lei do máximo
·        
Criou-se um ensino público gratuito.