Respostas

2013-11-04T14:32:07-02:00
A economia bizantina esteve entre as mais avançadas da Europa e do Mediterrâneo por muitos séculos; a Europa, em particular, foi incapaz de corresponder à força econômica bizantina até o final da Idade Média.

O Estado bizantino herdou dos tempos pagãos os procedimentos administrativos e financeiros dos assuntos religiosos e esses procedimentos foram aplicados à Igreja Cristã. Seguindo o padrão estabelecido por Eusébio de Cesareia, os bizantinos viam o imperador como um representante ou mensageiro de Jesus Cristo, responsável, em particular, pela propagação do cristianismo entre os pagãos e pelos temas que não se relacionavam diretamente à doutrina, como administração e finanças.