Respostas

2013-11-06T20:47:59-02:00
O sistema endócrino é formado pelo conjunto de glândulas endócrinas, as quais são responsáveis pela secreção de substâncias denominadas, genericamente, hormônios. As glândulas endócrinas (do grego endos, dentro, e krinos, secreção) são assim chamadas porque lançam a sua secreção (hormônios) diretamente no sangue ou na hemolinfa, no que se distinguem das glândulas exócrinas (do grego exos, fora), que lançam suas secreções para fora do corpo ou nas cavidades de órgãos ocos. 

Regulação hormonal do nível de cálcio no sangue 


Outro exemplo de feed-back negativo no sistema endócrino é a regulação da produção dos hormônios calcitonina e paratormônio, respectivamente, pelas glândulas tireóides e paratireóides. Esses dois hormônios são responsáveis pela manutenção dos níveis normais de cálcio na circulação em torno de 9 a 11 mg por ml de sangue. 

Elevação do nível de cálcio no sangue estimula a tireóide a secretar calcitonina. Esse hormônio promove a deposição de cálcio nos ossos e a eliminação de cálcio na urina, além de inibir a absorção desse material pelo intestino. Com isso, a taxa de cálcio no sangue diminui. 

Quando a taxa de cálcio se torna menor que 10 mg por 100 ml de sangue, a secreção de calcitonina é inibida e as glândulas paratireóides são estimuladas a secretar o paratormônio. Esse hormônio tem efeito inverso ao da calcitonina: libera cálcio dos ossos para o sangue, estimula a absorção de cálcio pelo intestino e diminui sua eliminação pelos rins. 

Dessa forma, a calcitonina e o paratormônio mantêm um nível adequado de cálcio no sangue, condição essencial para o bom funcionamento das células. 

Calcitonina 
Regula a taxa de cálcio no sangue, inibindo sua remoção dos ossos, o que diminui a taxa plasmática de cálcio.