Respostas

  • Usuário do Brainly
2013-11-07T17:31:37-02:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Tínhamos também o fumo, algodão, cana-de-açucar, pecuária etc

O fumo era utilizado na troca de escravos, portanto, estava ligado ao tráfico negreiro. A partir do momento que a Inglaterra fez pressão para extinguirmos essa atividade, que não mais condizia com o sistema econômico, o fumo deixou de ser rentável, sendo colocado em segundo plano.

O algodão brasileiro sofria concorrência do algodão americano. O que comentar? O algodão dos Estados Unidos era muito superior ao nosso, mas isto não é o pior. Além de ter mais qualidade, era vendido também a um preço muito mais barato que o nosso, inviabilizando que adotássemos o algodão como elemento principal da nossa economia.

A cana-de-açúcar, em nosso período colonial, havia sim dado muitos lucros. Mas agora nosso açúcar disputava comercio com o açúcar das Antilhas e de Cuba. Além disso, o açucar de beterraba começava a concorrer com o nosso também, e claro, os Europeus gostavam mais deste do que o de cana.

Da pecuária aproveitávamos principalmente o couro. Mas como o gado na Argentina tem melhor qualidade por ser planície, perdíamos na disputa.

Os produtos que eu citei até aqui já haviam sofrido um baque mesmo antes da República Velha, mas ainda continuava sendo comercializados. Se você quer saber dos principais mesmo, são: café e borracha;

Quando houve o início do declínio do café, a borracha começou a se destacar, atraindo a atenção da Inglaterra, que começou a explorar borracha também em seringais da Malásia e Indonésia para concorrer com o nosso.

O café, mesmo sendo nosso principal produto, desde antes vinha levando duros golpes. O primeiro foi com a abolição da escravatura, já que eram inicialmente os escravos que constituía a mão-de-obra; já em 1929, com a quebra da bolsa de valoras de Nova York, o café foi duramente golpeado de novo, já que agora não se tinha mais pra quem vender.
19 4 19