Respostas

2013-11-14T14:04:49-02:00
1ª LEI DE NEWTON:

A 1ª lei de Newton (ou lei da inércia), diz que todo corpo (qualquer coisa que tenha massa) permanece em repouso ou em movimento contínuo em linha reta, a menos que uma força qualquer atue sobre ele.

Exemplos:

1º exemplo - Se você tem uma pequena bola em sua frente e a empurra, ela só para de se mexer depois de um tempo pois a força gravitacional da Terra atua sobre ela e a faz parar. Supondo que não houvesse nenhuma força além da força da sua mão contra a bola, você a empurraria e ela ficaria eternamente seguindo na direção em que você a empurrou (a não ser que batesse em alguma coisa, mas assim mesmo, o impacto com um objeto seria uma força).

2º exemplo - No espaço, existem grandes exemplos. Por exemplo os planetas. Os planetas só se movem em torno do Sol porque este exerce força gravitacional sobre os planetas. Se o Sol não exercesse ação (ou força) gravitacional (caso não tivesse massa), a tendência é de que os planetas seguissem em linha reta até que outro corpo de massa elevada atraísse o corpo para seu campo de atração gravitacional.

2ª LEI DE NEWTON:

A segunda lei de Newton diz que a força total é igual ao produto da massa e da aceleração. Ou seja, é proporcional a quantidade de massa e inversamente proporcional a quantidade de aceleração.

Exemplo: Supondo que você deve empurrar um carro. O carro possui grande quantidade de massa, e, por isso, de peso. Conseqüentemente você deve aplicar uma grande quantidade de força para movê-lo. Isso mostra que quanto maior a massa do objeto maior a força.

Agora, continuando no exemplo do carro, quanto mais você empurra o carro maior ele acelera, e, conseqüentemente, você não precisa mais aplicar tanta força. No início, quando a aceleração é lenta, você tem que empurrar bastante, e, quando já está bem rápido, você precisa empurrar menos. Por isso é que se diz que a quantidade de aceleração é inversamente proporcional a quantidade de força.

3ª LEI DE NEWTON:

A terceira lei de Newton diz que a toda força existe uma outra igual em intensidade e ao mesmo tempo inversa.

1º exemplo: Se você bate o pé na parede, além de você estar exercendo força sobre a parede, a parede ao mesmo tempo exerce uma igual força sobre seu pé (tanto que dói bastante) =D.

2º exemplo: Quando um planeta se choca com outro, ambos exercem força sobre o outro. O que causou choque exerceu a força e o que foi atingido também exerceu uma força de igual intensidade.

2 5 2