Respostas

2013-04-09T20:15:17-03:00

Eletromagnetismo

 

Até o início do século XIX, os fenômenos elétricos e magnéticos eram estudados separadamente. Em 1819, porém, no curso de uma célebre experiência, o físico e químico dinamarquês Hans Christian Oersted mostrou que a corrente atravessando um fio condutor era capaz de fazer desviar uma agulha magnética. Concluiu que esse fio comportava-se como um ímã. Essa experiência levou o francês André Marie Ampère a estabelecer em 1827 a primeira teoria do eletromagnetismo, associando dessa forma fenômenos eletrostáticos e magnéticos.

 

Em 1831, o britânico Michael Faraday descobriu o fenômeno da indução eletromagnética, observando que um ímã em movimento criava uma corrente elétrica em um condutor próximo a esse ímã. Além disso, introduziu a noção de campo eletromagnético como uma função das coordenadas do espaço, permitindo calcular em cada ponto as forças eletrostáticas e magnéticas. Em 1873, o físico britânico James Maxwell estabeleceu quatro equações matemáticas fundamentais associando as características do campo elétrico às do campo magnético. Deduziu dessas equações que a luz é uma onda eletromagnética propagando-se em velocidade constante, e considerou a hipótese da existência de outros raios eletromagnéticos não visíveis, dotados de propriedades similares às da luz.

 

Esses raios foram observados pela primeira vez em 1887 por Heinrich Hertz, que produziu experimentalmente as ondas de rádio, confirmando que possuem todas as propriedades da luz, e corroborando assim a teoria de Maxwell. Em 1895, o físico alemão Wilhelm Roentgen descobriu uma nova radiação eletromagnética, o raio X. Um ano mais tarde, o francês Henri Becquerel apresentou o fenômeno da radioatividade e, em seguida, rapidamente, todo o conjunto das radiações foi caracterizado.

 

Veja abaixo sites sobre o assunto

 

http://educar.sc.usp.br/licenciatura/2001/energia/eletromagnetismo.htm

 

http://www.fisica.net/einsteinjr/9/ondas_eletromagneticas.html

1 5 1