Respostas

2013-11-18T22:45:12-02:00
Oi

Isto ajuda você

A plebe, cuja origem é muito obscura, possivelmente se constituia dos vencidos que ficavam sobre a proteção do Estado, dos clientes das famílias patrícias que se extinguiram, e dos estrangeiros aos quais o Estado protegia. 
Ao lado dos patrícios e clientes, encontramos os plebeus (do latim plebem, que significa multidão não organizada) que formava, em Roma, um mundo à parte, a plebe. Eles habitavam o solo romano, sem integrar a cidade. Como acentua Bouché-Leclercq "eles tinham o domicílio, mas, não a pátria". Eram homens livres, podiam possuir terras, pagavam impostos e prestavam serviços militares. A diferença entre patrícios e plebeus era marcada por barreiras de tabus extremamente exclusivas. A princípio, os plebeus não possuiam direitos políticos nem civis. 
No período monárquico, os plebeus não eram considerados cidadãos, portanto não tinham direitos políticos, não podendo nem formar famílias legalmente reconhecidas. Serviam no exército e trabalhavam como artesãos, agricultores e comerciantes. Viviam ameaçados pela escravidão, por dívidas e tinham que pagar altos impostos. Na República, eles conquistaram o direito de eleger os Tribunos da Plebe, em um Comício da Plebe. Também conquistaram o direito de casarem-se com patrícios através da Lei Canuléia, votada pouco tempo depois da Lei das XII Tábuas e o direito de eleger magistrados plebeus. 
Espero que tenha ajudado
17 4 17
2013-11-19T18:45:17-02:00
Surgiram no século V a.C, em Roma depois de muitas desavenças entre os patrícios (famílias importantes em Roma) e os plebeus, que lutavam por direitos.
Ameaçando deixar a cidade os  patrícios com medo de perder seus servidores, permitiram a criação da assembleia dos plebeus criando os tribunos da plebe para defender os direitos do povo.
24 4 24
Obs: Ameaçavam não pagar impostos,não trabalharem e não servir o exército