Na quarta-feira (19/12), no Jornal Nacional, o gráfico atrás da apresentadora Patrícia Poeta mostrava a criação de 1,77 milhão de empregos até agora, em 2012. Considerada a pindaíba econômica do mundo ocidental, qualquer cidadão de outro país olharia com inveja para cá. Mas na Globo não é assim: toda notícia que venha do governo tem que ser “negativada”. Foi o que fizeram. Este foi o texto lido pela apresentadora: “A criação de empregos com carteira assinada, este ano, foi 23% menor do que em 2011. É o pior resultado desde 2009. Mas, isoladamente, os números de novembro mostram um aumento de quase 8% no emprego formal.” Quem estivesse jantando nessa hora sem olhar para a TV não veria o gráfico e faria juízo sobre a informação apenas com o que estivesse ouvindo. Desta vez mudaram a técnica: deram a notícia positiva de forma negativa, e no fim veio o “mas” positivando parcialmente os fatos. Disponível em:http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/_ed726_tv_manipula_noticia_sobre_criacao_de_empregos Sobre o artigo acima é correto o que se afirma em:

A)Em busca de audiência o Jornal Nacional afirma sua liderança com a veiculação de matérias positivas sobre o governo federal.

B)A jornalista Patrícia Poeta jamais anunciaria uma notícia que pudesse gerar mal estar entre as organizações Globo e o governo federal.
Há uma linha editorial completamente independente e imparcial no Jornal Nacional.

C)Verifica-se no exemplo dado uma linha editorial direcionada a destacar o lado negativo de um fato em detrimento do lado positivo.

D)O Jornal Nacional aponta com cuidado os dados do aumento do desemprego no país visando não gerar uma crise no mundo ocidental.

1

Respostas

2013-11-19T16:32:39-02:00
Resposta: Verifica-se no exemplo dado uma linha editorial direcionada a destacar o lado negativo de um fato em detrimento do lado positivo.
2 3 2