Uma importante teoria sobre a ação coletiva é a teoria da mobilização de recursos. Essa destaca como mais importante a variável dos recursos, sejam eles humanos, financeiros e de infraestrutura, uma vez que os movimentos em seu cotidiano se organizam de acordo com os recursos que possuem. Esses estudos, em torno da mobilização de recursos, consideram o movimento social como uma empresa, “o modelo de mobilização de recursos proporciona uma teoria integrada de como se formam as organizações, como se mobiliza o povo e como se desenvolve o comportamento das organizações e de sua tática política. Outra teoria de destaque é da mobilização política, essa teoria trabalha com três elementos: a reconceituação da figura do ator; as microrrelações sociais face a face; e a busca de especificação para os elementos gerados dentro de uma cultura sociopolítica, com determinados significados. Volta-se para as análises psicossociais e leva em conta a interação das pessoas, considerando o papel da subjetividade nas escolhas das ações das pessoas, bem como os aspectos culturais para compreensão da opção dos sujeitos em participarem ou não de determinados movimentos sociais. Após a leitura desse trecho que apresenta dois importantes conceitos sobre a teoria dos movimentos sociais, analise as afirmações a seguir, assinalando a alternativa correta:
A teoria da mobilização de recursos tem seu foco exclusivo na sociabilidade entre as pessoas, analisando aspectos culturais que influenciam as escolhas das pessoas por determinados movimentos sociais.Talvez a única conclusão geral a que chegamos é a de que não há uma teoria única, assim como não há uma só concepção para o que é um movimento social, e não há também um só tipo de movimento social. Nesse sentido, é necessário fundir essas e outras teorias para que possam dar conta parcialmente desse complexo fenômeno.A teoria da mobilização política enfatiza somente os aspectos econômicos, pois indica que só é possível pensar estratégias políticas a partir dos recursos disponíveis, sejam eles humanos, materiais e financeiros, portanto é uma teoria de ampla gama na leitura dos movimentos sociais.A junção dessas duas teorias: da mobilização de recursos e da mobilização política, deu origem a teoria da identidade. Nesse sentido, é uma nova teoria que funde os dois conceitos sendo mais ampla já que leva em conta aspectos da identidade dos sujeitos envolvidos nesses processos.A teoria da mobilização política se sobrepõe à teoria de mobilização de recursos na justificativa dos movimentos sociais, visto que prioriza o papel das ideologias e organizações na condução da mobilização pública contra o poder estabelecido.

1

Respostas

2013-11-22T01:36:26-02:00
Talvez a única conclusão geral a que chegamos é a de que não há uma teoria única, assim como não há uma só concepção para o que é um movimento social, e não há também um só tipo de movimento social. Nesse sentido, é necessário fundir essas e outras teorias para que possam dar conta parcialmente desse complexo fenômeno.
8 5 8
Correto
LOL........... vlw ta certissimo...... @@@@@
ARRASOU