Respostas

2013-11-24T21:03:50-02:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Cara Cirlene,

É possível analisar do ponto de vista de invasões e saques; ou por meio da colonização.

Como em outros continentes, os povos que viviam na África apresentavam disputas e guerras. Havia o costume de escravizar os prisioneiros e os vencidos de outras tribos. Religiões distintas também influenciavam esses conflitos. 

Se pensarmos em um período mais antigo, os egípcios entraram em guerras com vários povos, bem como os zulus, em tempos mais recentes.

Quando os europeus chegaram à África, eles entravam em guerras para escravizar, como quando em 1415, os portugueses conquistaram a cidade de Ceuta, no norte africano, trazendo vários escravos para Portugal.

Um dos grandes problemas da conquista e dominação europeia no continente africano foi a divisão de território totalmente arbitrário (sem considerar que povos historicamente inimigos ficaram sob o mesmo domínio), a matança e escravidão de grande quantidade de africanos, com sua exportação enquanto produto para muitos países, o Brasil inclusive.

Além disso, os europeus estimulavam as brigas e conflitos entre as tribos africanas, fornecendo armas, bem como comprando os prisioneiros para servirem de escravos.

Por fim, os europeus eram tecnologicamente mais preparados (com a escrita e o conhecimento acumulado nas guerras ao longo dos séculos contra os mouros), apresentavam doenças epidêmicas (oriundas de animais domésticos) que não havia na África, bem como armas de pólvora e metal aniquilavam os africanos e suas armas primitivas.

Enviarei um documentário para ajudá-la a compreender melhor. Bons estudos!
7 4 7