Na Idade Média, ocorreu um intenso sincretismo entre o conhecimento clássico e as crenças religiosas. Platão foi cristianizado por Santo Agostinho no período Patrístico e Aristóteles foi cristianizado por Tomás de Aquino no período Escolástico.


Nesse período da história, entendia-se que toda verdade já havia sido revelada por Deus, sendo, portanto, desnecessária a sua busca. Restava aos filósofos apenas demonstrar racionalmente as verdades da fé. Segundo este conceito, podemos afirmar que um princípio do pensamento cristão era:

A razão torna-se desnecessária

A Revelação e razão provêm da disgualdade

A submissão da revelação à razão

A submissão da razão à revelação

A igualdade entre a razão e a revelação

1

Respostas

  • GPB
  • Ambicioso
2013-04-14T23:54:38-03:00

A submissão da razão à revelação 

35 4 35