Respostas

2013-12-10T21:49:50-02:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Cara Sara,

As revoluções modernas lutaram contra a tirania, o abuso do poder, e os maus-tratos contra a população. Havia a concentração do poder e o abuso deste na mão de poucos privilegiados. Além disso, os comerciantes ou burgueses não tinham reconhecimento social, bem como poderiam ser vítimas da má-vontade do soberano, que poderia retirar tudo o conquistaram, sem maiores explicações. Os judeus eram, particularmente, perseguidos e tinham seus bens confiscados frequentemente.

Podemos analisar mais em detalhe, por exemplo, a Revolução Francesa, na qual suas causas estão atreladas a uma estrutura social no qual a maior parte da população pagava impostos altíssimos sem obter retorno quanto à qualidade de vida, tais como segurança, escolas ou outros serviços públicos.
 

Semelhante ao Brasil, no qual a capital se mudou do Rio de Janeiro para Brasília, longe do povo, os nobres e a família real francesa viviam na opulência no Palácio de Versalhes, no qual a rainha gastava o dinheiro do povo comprando jóias caras e fazendo estranhos desfiles de cabelos em forma de navios, enquanto a população morria de fome em Paris.
 

Ao mesmo tempo, a população que passava a maior parte da vida comendo apenas pão, enfrentou um período de colheitas péssimas, de modo que sequer pão havia para comer.
 Indiferentes a isso, os nobres e a família real contribuíram para um aumento da pobreza ao  oferecer dinheiro para que os EUA lutassem pela independência, de modo que a situação ficou ainda pior. 

Além disso, os comerciantes ou burgueses, mesmo ricos, eram tratados com descaso e humilhações por parte dos nobres e da família real, tendo, inclusive, seus bens retirados e forçados a pagar impostos caríssimos, que praticamente levavam quase tudo o que eles tinham. 

Desse modo, tal como ocorre na primavera árabe, a fome e o alto preço dos alimentos, aliado à falta de preocupação governamental, bem como ao desejo dos burgueses em não serem sempre cidadãos de segunda e pudessem diminuir os impostos altos que lhes eram cobrados, fez com que a maior parte da população atacasse os nobres, as igrejas, bem como apoiassem a declaração universal dos direitos humanos, a qual limitava os poderes dos nobres, reis, e políticos.
 

Um dos mais eventos mais importantes da revolução foi a queda da Bastilha ou a Tomada da Bastilha foi a invasão da principal prisão francesa pela população revoltada no dia 14 de julho de 1789, no qual a população venceu um dos principais símbolos do poder real, sendo que o dia em que isso ocorreu, a data de 14 de julho ainda é comemorada todos os anos, sendo o principal feriado francês.

Vê-se, portanto, que uma das ideias da burguesia liberal era garantir a propriedade, sem tanta intervenção estatal, permitindo a formação do estado liberal, bem como a população buscava ter seus direitos, minimamente conquistados e respeitados.
4 4 4
Recomendo que veja, para complementar a explicação, o vídeo revolução francesa history channel, encontrado facilmente no google ou youtube.
^_^ obg!
Por nada. Basta clicar no botão azul de "obrigado"