Os quatros grandes períodos da filosofia grega, nos quais seus conteúdos mudam e se enrique são: Período pré-socrático ou Cosmológico; período socrático ou antropológico; Período sistemático e Período helenístico ou grego romano. Explique e caracterize cada um desses períodos.

1

Respostas

2013-12-14T11:36:35-02:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Período Pré-Socrático: Primeiros filósofos da sociedade ocidental. Eles olhavam os princípios da mitologia grega de forma racional, a fim de formarem hipóteses argumentativas e objetivas.
O que motivava seus estudos era a natureza e a intenção de interpretá-la.
O contexto histórico era o período arcaico da Grécia, com a consolidação das pólis e o desenvolvimento do comércio e da política, fatos que deixaram bem claro que os mitos não eram suficientes para explicar o mundo. Nomes importantes do período são: Tales de Mileto, Pitágoras,Demócrito, Parmênedes.
Obs.: Cosmologia é o estudo da estrutura, evolução e composição do universo. Segundo esse pensamento a natureza cria seres mortais a partir de sua imortalidade; a intenção era explicar como ela fazia isso.

Período Socrático ou Antropológico: Os filósofos voltam-se para o conhecimento não da natureza,e sim do homem. Seus objetos principais de estudo são a ética e a moral, e a política. Nomes importantes desse período: Sócrates, Platão.
Pode ser resumido pela máxima socrática: "Conhece-te a ti mesmo".
Contexto histórico: Período Clássico Grego, considerado o auge dessa civilização (e também a queda, com a Guerra do Peloponeso).

Período Sistemático:  Esse período tem esse nome porque Aristóteles desenvolveu a organização das diversas "repartições" filosóficas, e também desenvolveu a lógica, que permitia chegar ao conhecimento específico de alguma coisa a partir de premissas verdadeiras.
Contexto histórico: Final do Período clássico.

Período Helenístico:  A filosofia passa a ser mais cosmopolita, fundindo crenças de vários povos. Para entender isso é fundamental lembrar do contexto histórico: essa era a época na qual Alexandre, o Grande, reinou; a intenção dele era promover a fusão de culturas (consequência da expansão de seu império). Como os gregos estavam dominados, a política não lhes eram mais uma prioridade; agora se ocupavam principalmente da "terapia da alma". Vertentes desse pensamento são: dogmático (epicurismo e estoicismo) e céticos, cínicos.


25 4 25