1. Um astronauta elimina cerca de 470l de CO2 por
dia, nas CNTP. Suponha que se utilize hidróxido de sódio para absorver o gás
produzido, segundo a reação: 2NaOH+CO2------Na2CO3+H20. Qual a massa de
hidróxido de sódio necessária por dia de viagem?




2.
Na reação de síntese da amônia, temos a
seguinte equação: N2(g)+3H2(g)-------2NH3(g). Que volume de gás hidrogênio,
medido nas CNTP, é necessário para a produção de 24x10^23 moléculas de amônia,
mantidas fixas a temperatura e a pressão?




3.
Em um experimento, soluções aquosas de nitrato
de prata, AgNO3, e de cloreto de

sódio,
NaCl, reagem entre si e formam cloreto de prata, AgCl, sólido branco insolúvel,

e
nitrato de sódio, NaNO3, sal solúvel em água.
A massa desses
reagentes e a de seus produtos estão apresentadas:




Massa das substâncias/g

Reagentes Produtos

AgNO3 | NaCl AgCl | NaNO3

1,699 | 0,585 X | 0,850



Considere
que a reação foi completa e que não há reagentes em excesso.

Assim
sendo, é CORRETO afirmar que X – ou seja, a massa de cloreto de prata

produzida
– é:




4.
Sódio metálico, Na0, e cátion sódio, Na+, são
exemplos de espécies que apresentam propriedades químicas diferentes. Quando são
utilizados 3g de sal de cozinha (NaCl) na dieta alimentar, o organismo absorve
sódio
na forma iônica. No entanto,
a ingestão de quantidade equivalente de sódio metálico, por sua violenta reação
com a água do organismo e pelo efeito corrosivo
do hidróxido de sódio formado, causaria sérios danos à saúde. A equação a seguir mostra essa reação. Na(s)+H2O(l)---NaOH(aq)+1/2H2(g)+energia



Considerando
rendimento de 100%, a ingestão de 3g de sódio metálico produziria,
aproximadamente, uma massa de
hidróxido de sódio, em gramas, igual a:



5.
A água oxigenada (H2O2) também usada em salões
de beleza é vendida em recipientes escuros ou em plásticos opacos. Isso é
devido ao fato de a luz ser um dos fatores responsáveis por sua decomposição,
na qual ocorre a liberação de O2(g). Desse modo, as concentrações das soluções
de água oxigenada são definidas em razão do volume de O2(g) liberado nas CNTP
por unidade de volume da solução. Logo, uma água oxigenada a 10 volumes, sendo
usada, libera 10 litros de O2(g) por litro de solução.

Considerando
a informação, a massa em grama de água oxigenada que libera 10 litros de O2(g)
nas CNTP será:

2
vai demorar um pouquinho, mas já te passo as respostas
ok.
pronto, desculpe a demora

Respostas

2013-12-26T14:44:39-02:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Olá,a resposta está em anexo.
Qualquer coisa só falar
4 4 4
na minha apostila tem o gabarito o numero 2 deu 134,4l
conferi pra mim
2013-12-26T15:49:15-02:00
1) 2 NaOH  + CO₂ ----> Na₂CO₃ + H₂O;

Considerando que 1 mol de CO₂ ocupa o volume de 22,4L;
Massa molar do NaOH: 40 g/mol, estequiometricamente temos 2 mols de NaOH, logo teremos 80g.


Se  80g de NaOH são consumidas por 22,4L de CO₂;
xg de NaOH serão necessárias para consumir 470L de CO₂ 

x X 22,4 = 80 X 470
x X 22,4 = 37600
x = 31600/22,4
x = 1678,4 g

R: Serão necessárias ~ 1678,4g de NaOH por dia de viagem.

2)
N₂ + 3 H₂ ---> 2 NH₃;

Considerando que 1 mol de H₂ ocupa 22,4 L, estequiometricamente temos 3 mols de H₂, logo teremos 67,2L e que 1 mol possui 6,02 x10²³ moléculas, como temos 2 mols de NH₃, teremos 1,204 x 10²⁴ moléculas:

Se 67,2L de H₂ produzem  1,204 x 10²⁴ moléculas;
x litros de H₂ produzirão  24 x 10²³ moléclas

y x 1,204 x 10²⁴ = 67,2 x 24 x 10²³
y x 1,204 x 10²⁴ =1,6128 x 10²⁶
y = 1,6128 x 10²⁶/1,204 x 10²⁴ 
y = 133,95L

R: Serão necessários ~133,95 L  de H₂

3)
AgNO₃ + NaCl --> AgCl + NaNO₃

Considerando que na reação não há reagente em excesso nem reagente limitante, podemos calcular o número de mols de qualquer reagente ou produto e depois descobrir a massa de AgCl produzida, neste caso vamos usar o NaNO₃:
fórmula; n = m / MM

n: ?
massa de NaNO₃: 0.850 g
MM do NaNO₃: 85 g/mol

n = 0,850 / 85
n = 0,01 mol

Sabemos que em todos os reagente e em todos os produtos haverão 0,01 mol, calculamos a massa de AgCl produzida:

n: 0,01 mol
m: ?
MM: 143,g g/mol

0,01 = m / 143,3
m = 0,01 x 143,3
m = 1,433 g

R: Serão produzidas ~ 1,433 g de AgCl


4) 
Na⁰ + H₂O ---> NaOH + 1/2 H₂ + energia

MM Na⁰: 23 g/mol
MM NaOH: 40 g/mol

Se 23g de Na⁰ produzem 40g de NaOH;
então 3g de Na⁰ produzirão yg de NaOH

23 x y = 40 x 3
23 x y = 120
y = 120 / 23
y = 5,22 

R: Será produzido ~ 5,22 g de NaOH

5)
2 H₂O₂ ---> 2 H₂O + O₂

MM H₂O₂ : 34 g/mol, porém temos 2 mols de H₂O₂, então teremos 68 g/ml; e considerando que 1 mol de O₂ ocupa 22,4 L:

Se 68g de H₂O₂ produzem 22,4 L de O₂
então y g de H₂O₂ produzirão 10L de O₂

y x 22,4 = 68 x 10
y x 22,4 = 680
y = 680 / 22,4
y = 30,36

R: ~ 30,36 g de H₂O₂