Respostas

2014-01-03T22:18:49-02:00
Na maioria deles , foi estabelecida uma colonização de exploração , na qual a metrópole submetia a colônia a um intenso processo de exploração (extrativismo mineral , pecuária,agricultura etc) diferente do que aconteceu nos EUA que foi mais colonização para povoamento.As colônias consistia num"governo" autoritário e dependente, e uma sociedade pobre.Mesmo a independência resolvendo em parte essa grande injustiça muito países da África por exemplo ,
continuaram dependendo de seus antigos colonizadores ,neocolonialismo.
2014-01-03T23:25:02-02:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Cara Marta,

Nos países subdesenvolvidos da América e nas colônias do sul dos Estados Unidos, houve a colonização ou invasão de exploração, que se trata de uma ocupação almejando obter lucro rápido e, possivelmente, um retorno do invasor ao local de origem. Além disso, a colônia só podia comercializar seus produtos através da metrópole, não tendo autonomia para estabelecer acordos comerciais com outros países.

Desse modo, há predomínio de uma produção de monocultura em grandes faixas de terra orientada ao exterior, visando o enriquecimento rápido. Além disso, há a busca por minérios e outros recursos de extração rápida, tais como ouro e outros materiais preciosos. Os imigrantes, em sua maioria, eram homens, que viajam sem suas famílias, o que estimula a miscigenação. Haja vista o objetivo de enriquecimento rápido, a base do trabalho era a utilização de mão-de-obra escrava, com a importação de africanos para trabalhar, principalmente, no campo.

Um dos principais problemas desse tipo de colonização é que as pessoas não eram livres para empreender e inovar, pois as atividades econômicas necessitavam de autorização dos soberanos, que viviam na metrópole, que não permitiam a fabricação de produtos manufaturados na colônia e nem o livre comércio.

Ao mesmo tempo, criou-se uma "cultura da maracutaia", por meio da qual o sucesso nos negócios nos países subdesenvolvidos da América dependia mais dos bons contatos com os soberanos e políticos do que com a habilidade das empresas em serem eficientes e inovadoras. Nesse sentido, muitas leis eram contrárias aos interesses da população, alienada frente ao que acontecia, em grande parte, em razão do analfabetismo que predominava e ainda é um dos grandes problemas desses países, dentre os quais o Brasil. Veja, por exemplo, o caso da lei, mesmo no século XX, que só permitia o funcionamento de uma única salina em meu estado, o RN.
1 5 1