Respostas

2014-01-09T11:55:26-02:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Perfeitamente, cara Marta.

A situação do IDH e os conflitos africanos apresentam uma raiz histórica comum. Durante séculos a África foi dividida pelos europeus sem qualquer respeito aos povos colocados sob o mesmo domínio.

Além disso, para melhor dominar esses povos, os europeus estimulavam brigas, intrigas, levando a conflitos e aproveitando para comprar os prisioneiros para servirem enquanto escravos. Dessa maneira, muito ressentimento e raiva entre eles foram gerados.

Para ficarem livres, já na segunda metade do século XX, muitos povos africanos acabaram unindo forças contra os europeus para obterem sua independência, deixando, por um momento, suas diferenças de lado.

Após obterem sua independência, os velhos ressentimentos e os conflitos históricos, bem como disputas de poder entre clãs e tribos, levaram às guerras, que ainda hoje assolam a região.

Obviamente, tudo isso repercute na economia, aumentando a corrupção, a violência, os conflitos, o desabastecimento, a falta de investimento, dificultam a educação, dentre outros problemas que contribuem para um índice de desenvolvimento humano baixo.

Recordo que, para isso, não há soluções fáceis. Poderíamos imaginar que transferindo dinheiro para esses países ajudarem seus cidadãos famintos auxiliaríamos a resolver o problema. Entretanto, a corrupção de seus governantes resulta na apropriação desses recursos para uso próprio, desviando esse dinheiro para contas escondidas em paraísos fiscais, como a Suíça.

Portanto, apenas com um processo continuado de médio e longo prazo, com investimento pesado em educação, melhoria das instituições públicas, combate à corrupção, dentre outras ações necessárias, será possível melhorar o IDH e diminuir os conflitos na África.
1 5 1