Respostas

2014-01-09T20:15:38-02:00
Colonização européia- Os europeus vieram para a America Latina e ficaram e trouxeram os africanos mais os habitantes que já viviam neste local deu-se a miscigenação de raças.
A Formação de comunidades de países de origens diversas,
Outro motivo é a abertura desses países para a instalação de empresas transnacionais o que incentiva a imigração de outras raças como japoneses, chineses, americanos,etc
A abertura desses países para intercâmbio cultural com países sobretudo de língua inglesa, depois do chinês .a língua mais falada no mundo.
A América Latina por ter países  com belezas naturais e pela taxa cambial onde o dólar é vale muito e é um incentivo para os turistas se aventurem nesse passeio e por muitas vezes mudam para o país latino e formam família,

A melhor resposta!
2014-01-09T22:02:29-02:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Prezado,

A mestiçagem foi estimulada por alguns fatores, dentre os quais se destavam:

A colonização das terras que hoje são o Brasil foi um desafio enorme, haja vista a pequena população de Portugal frente à imensidade do território. Vale lembrar que a viagem de Portugal à América era longa, difícil, e complicada, com navios infestados de baratas e ratos, comida estragada, água estragada, dentre outras coisas ruins. Nesse sentido, a maioria dos navegadores, quase a totalidade era de homens, que acabavam casando ou tendo filhos com índias e africanas, gerando boa parte da população brasileira.

Para isso, os portugueses conseguiram se aliar a algumas tribos, conseguindo acesso aos segredos e recursos humanos suficientes para lutar as demais tribos. Isso resultou, por exemplo, a utilizamos o termo "tupiniquim" para nos referirmos a nós mesmos, haja vista que a tribo dos tupiniquins foi uma que se aliou aos portugueses. Essas tribos parceiras os auxiliaram, especialmente, através dos descendentes entre ambos, os mamelucos, a conhecerem os segredos e as  técnicas de sobrevivência no Novo Mundo. 

Com as epidemias trazidas pelos portugueses ouve a morte de mais de 90% da população indígena, nos primeiros anos após a chegada dos europeus no continente. Desse modo, os indígenas perceberam as gigantescas quantidades de índios vítimas das epidemias enquanto os europeus não eram tão afetados pelas mesmas doenças (em razão de, na Europa, após dezenas ou centenas de gerações, a maior parte das pessoas eram descendentes daqueles que apresentavam algum tipo de resistência a essas doenças).

Buscando sobreviver às doenças,  os indígenas passaram a acreditar que isso se devia ao deus dos europeus ser mais forte que os deles, de modo que houve conversão em massa em busca de salvação contra as epidemias e, em parte, por isso, até hoje, a maioria da população que habita a América é cristã. Nesse processo, com a desestruturação de muitas tribos, os índios recorriam ao apoio dos jesuítas, que os convertiam à cultura ocidental, possibilitando o maior contato destes com os homens brancos e, com isso, aumentando as probabilidades de relações entre os grupos. As escravas africanas, devido a trabalharem, principalmente, no trabalho doméstico, eram exploradas sexualmente por seus senhores, aumentando o número de descendentes mestiços entre esses grupos.
2 5 2