Um atrativo da cidade de Santos é subir de bondinho até o topo do monte Serrat, que se localiza a aproximadamente 150 m do nível do mar.
O funicular é um sistema engenhoso de transporte de pessoas que liga dois bondinhos idênticos por meio de um único cabo, fazendo com que o peso do bonde que desce o monte auxilie a subida do outro bonde.
Nesse sistema, se os atritos forem desprezíveis, o esforço da máquina que movimenta o cabo se resumirá apenas ao esforço de transportar passageiros.


Considere que, em uma viagem,
* os passageiros no bonde, que encontra no alto do monte, somam a massa de 600 kg;
*os passageiros no bonde, que se encontra ao pé do monte somam, a massa de 1 000 kg;
*a aceleração da gravidade tem valor 10 m/s²;
*cada bonde se move com velocidade constante.

Concluí-se corretamente que a energia empregada pelo motor, que movimenta o sistema funicular para levar os passageiros s seus destinos, deve ser, em joules,
(A) 40 000.
(B)150 000.
(C)600 000.
(D)900 000.
(E)1 000 000.

Para responder a essa questão, lembre-se de que a energia potencial gravitacional é calculada pela relação:
E(pot) = massa x aceleração da gravidade x altura


Então eu não quero saber qual é a alternativa correta e, sim como resolver este exercício considere uma coisa; meu professor de Física praticamente não deu aula , acho que tive aula dele uma 10 vezes no máximo o ano todo, então eu não sei praticamente nada, alguém poderia me ajudar a entender o exercício?

Grata antecipadamente!.

1

Respostas

2014-01-17T21:33:50-02:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
A energia potencial gravitacional é o trabalho do peso, isto é, é o deslocamento do peso(aquele, do massa vezes aceleração - a qual no caso da terra, é a gravidade). 
Nesse caso, a energia empregada pelo sistema é igual a variação do trabalho.
ΔEpot=E1-E2

Temos dois bondes, o 1 e o 2.
Precisamos calcular a energia potencial de cada um, para calcular a variação que corresponderá ao trabalho(energia)do sistema.
Eu poderia fazer isso calculando individualmente cada um dos trabalhos, ou reorganizando a fórmula. Escolhi fazer deste último método:

ΔE=m1.g.h-m2.g.h
ΔE=g.h(m1-m2)
ΔE=10.150.(1000-600)
ΔE=1500.400
ΔE=600000 J

Também vou mandar dois links na sua caixa de mensagens. Espero que lhe seja útil :) Qualquer coisa, avise!

2 5 2