Custo médio ponderado. Como resolver?
Foram feitas as seguintes aquisições do produto A:
31/01/2009 – 30 unidades, a R$ 10,00 cada uma.
15/02/2009 – 25 unidades, a R$ 10,00 cada uma.
28/02/2009 – 25 unidades, a R$ 12,00 cada uma.
15/03/2009 – 20 unidades, a R$ 15,00 cada uma.

Sabendo-se que:
1. Não existia estoque inicial;
2. Em 10/03/2009, foram vendidas 60 unidades, ao preço de R$ 25,00 cada uma;
3. Foi desconsiderado o destaque do ICMS e o estoque é avaliado pelo custo médio ponderado.

Pode-se afirmar que o lucro bruto da empresa é de:
1) R$ 540,00.
2) R$ 400,00.
3) R$ 600,00.
4) R$ 987,50.


1

Respostas

A melhor resposta!
2014-01-30T20:02:26-02:00
Houveram 4 compras do produto e uma venda.

30 . 10 = R$ 300
25 . 10 = R$ 250
25. 12= R$ 300


R$ 850 gastos na compra de 80 unidades
850/80 =10,62 ( preço médio unitário)

Foi feita uma venda de: 60 unidades por 25/cada

60 . 10.62=R$ 637,20 (venda baseada no preço médio unitário)

850 - 637,20 = R$ 212,80 ( Entradas - Saidas)

No entanto,houve outra compra de 20 unidades por 15/cada
20. 15 = R$ 300

300 + 212,80 = 512,80

Agora,lembre que vendemos as unidades por 25/cada e não 10,62

Logo.60.25= 1500

1500 - 512,80 = 987,20

Valor que é muito aproximado de 987,50( letra d).

Só não é mais aproximado,pois
utilizei 10,62 e não 10,625,como preço médio unitário.

Tive que martelar para achar isso,e não me convenci totalmente de que está correto.Mas,não achei outra forma de resolução,até agora.
1 5 1
Também não cheguei a resultado. Não tive a mesma ideia que vc, mas acho válida. A não ser que seja uma pegadinha igual a outra. Rsrsrs. ;)