Respostas

2014-02-01T08:48:45-02:00
A fosforilação oxidativa é o processo metabólico de síntese de ATP a partir da energia liberada pelo transporte de elétrons na cadeia respiratória. Todo o processo depende de dois fatores, a energia livre obtida do transporte de elétrons e armazenada na forma de gradiente de íons hidrogênio e uma enzima transportadora denominada ATPsintase. Durante o fluxo de elétrons há liberação de energia livre suficiente para a síntese de ATP em 3 locais da cadeia respiratória: Complexos I, III e IV. Estes locais são denominados "SÍTIOS DE FOSFORILAÇÃO OXIDATIVA". Nestes locais a liberação de energia livre é em quantidade equivalente à necessária para a síntese do ATP. 
Os citocromos são divididos em 3 classes principais: citocromos a, b e c. 
Citocromo b: É o primeiro citocromo da seqüência a reduzir; transfere os elétrons da ubiquinona para o citocromo c1. 
Citocromo c1: Recebe os elétrons de b e doa para o citocromo c. 
Citocromo c: Transfere os elétrons do c1 para o citocromo a . Difere dos outros citocromos por ser uma proteína hidrossolúvel. 
Citocromo a: Transfere os elétrons de c para o citocromo a3. 
Citocromo a3 : Último citocromo da seqüência, doa o par de elétrons para o oxigênio, que reduz para formar uma molécula de água. 
Oxigênio: É o aceptor final de elétrons da cadeia respiratória; sua redução a água é a última etapa da respiração celular