Respostas

2013-04-24T21:34:02-03:00

política do filho único é uma política implantada na China (com exceção da província de Henan)1 - país que tem a maior população do mundo com mais de um bilhão e trezentos milhões de habitantes - com o objetivo de reduzir o crescimento populacional chinês.

Objetivos

É uma tentativa de controlar o crescimento da população que já passou os 1 bilhão e 300 milhões de pessoas e facilitar o acesso da população á um sistema de saúde e educação de qualidade. Segundo informações oficiais, a política do filho único evitou que a sua população da crescesse 400 milhões nos ultimos 26 anos.

Exceções e ambiguidades

Apesar de ser chamada de política do filho único, as regras oferecem uma série de exceções e ambiguidades, algumas existentes devido à ampla oposição ao limite. Por exemplo, em grande parte da China rural, a maioria das famílias pode ter um segundo filho, principalmente se a primeira for mulher.

Consequências

Em razão da implemetação desta política restritiva, o número de casos de aborto e abandono de crianças aumentou significativamente, principalmente naquelas de sexo feminino.

Conclusão

Em que pese a redução demográfica, tal medida governamental fomenta problemas sociais mais graves, tais quais o machismo e a criminalidade

 

 

A China calcula que a política do filho único evitou 400 milhões de nascimentos ao longo dos últimos anos e ajudou a quebrar a preferência tradicional por grandes famílias que perpetuou a pobreza. Mas há sérias preocupações sobre os efeitos colaterais, como abortos seletivos de garotas e um rápido envelhecimento populacional.

1 5 1