Respostas

2014-02-05T17:12:02-02:00
O aumento populacional humano diminui os espaços silvestres, encurralando os animais a pequenos redutos, porisso, é comum vermos animais invadindo casas nas cidades ou onças e jacarés predando gado e outros animais criados em fazendas, assim como o aumento de doenças causadas por animais silvestres, já que na verdade, somos nós os invasores das regiões de florestas e causando desequilíbrio. 
1 4 1
2014-02-05T17:16:25-02:00
O aumento populacional produz uma maior necessidade por espaço, para cada novo habitante que surge. As cidades começam pequenas e, à medida que a população aumenta, é preciso que se construa mais casas, mas para isso é preciso que se encontre terrenos. Então as pessoas começam a entrar nas áreas de mata (onde é o habitat dos animais ou da fauna local). O homem se torna um concorrente dos animais por espaço. O homem invade o espaço onde antes só os animais habitavam e isso vai interferindo em toda a cadeia alimentar das espécies. Uma onça, por exemplo, precisa de um território com mais de 10 km² para buscar alimento para si e, se nessa área houver uma fazenda de criação de gado, a onça pode atacar a manada para se alimentar e, por causa disso, ser abatida (morta) pelos fazendeiros. Acontece que a onça é o topo de uma das cadeias alimentares que existem dentro de uma floresta preservada, controlando os roedores e os herbívoros que poderiam destruir o ecossistema (a área de mata), se não fosse pela ação predatória da onça. Esse é só um exemplo dos muitos prejuízos que o aumento de população pode provocar na fauna de uma região.

Bons estudos !!
1 4 1