Respostas

2013-04-25T17:43:38-03:00

Das instituições atuais, a igreja católica é, sem dúvida, parte do império romano que ainda é viva, desde sua arquitetura até à expansão dos domínios, que abrange todo o mundo ocidental.

Sua origem remonta a do cristianismo, religião em que os fiéis seguem os ensinamentos de cristo tendo por fonte os livros do Antigo e Novo Testamento e que, resumidamente, registram a história do judaísmo, como por exemplo, a crença em um único Deus e a vida dos antigos profetas, até os registros da vida de Jesus, feitos pelos evangelhos de Marcos, Lucas, João e Mateus.

A idéia de "igreja" é a de reunião de pessoas com um objetivo espiritual comum, uma comunhão.

1 5 1
2013-04-25T17:49:40-03:00

RESUMO

 

A educação religiosa profetizada na idade média pela igreja católica foi o baluarte do pensamento ocidental, de maneira que a sociedade foi moldada sob a ideologia cristã.

 

O trabalho proposto tem por objetivo evidenciar a educação sob uma roupagem cristã, que tem por origem sua oficialização pela igreja, trazendo-se notícia histórica sobre sua formação, passando pela mutação do pensamento ocidental com a vitória do cristianismo sobre as culturas pagãs greco-romanas até sua consolidação,

 

influenciando nitidamente a produção das ciências e a cultura do povo europeu, cujo reflexo presenciou-se nas futuras colônias européias até os dias atuais.

 

Palavras-chave: Educação; Idade Média; Pensamento; Cristianismo.


INTRODUÇÃO

 

Há 2 (dois) mil anos, a cultura e o pensamento do mundo ocidental têm forte e visivelmente as características do cristianismo.

 

Concordamos com Gaarder quando afirma que "conhecer o cristianismo é pré-requisito para compreender a sociedade e a cultura em que vivemos".

 

E a instituição que se encarregou de ser a fiel tradutora dos ensinamentos de cristo foi à igreja. Para isto, precisou monopolizar o poder religioso sobre o povo, após a queda do império romano, o que fez com sua união com os diversos impérios na Europa, fundindo-se o poder da igreja com o poder dos monarcas.

 

A bíblia, considerada livro sagrado entre os cristãos, é composta por uma reunião de escrituras que ao longo dos séculos descrevem toda a ascensão do judaísmo até o cristianismo. É o livro em que a igreja utilizou como ferramenta para solidificar o cristianismo no mundo ocidental, através dos dogmas cristãos.

 

Segundo Gaarder,

Embora o Novo Testamento inteiro seja um testemunho cristão, durante os primeiros séculos após a morte de Cristo surgiu à necessidade de formular um credo mais definido. Isso aconteceu, entre outras razões, porque naquela época havia uma considerável mistura religiosa (sincretismo).

 

Para evitar que o cristianismo ficasse aprisionado nessa religiosidade híbrida, era crucial para a igreja determinar os princípios centrais da fé cristã.

 

Esse esclarecimento também era necessário para prevenir cisões internas entre as igrejas locais e comunidades cristãs. Um resumo dos pontos essenciais da fé se fazia necessário na instrução que a Igreja dava antes do batismo.

 

Foi assim que passaram a existir os dogmas. A palavra dogma significa "doutrina", e um dogma cristão estabelece o que é o ensinamento cristão correto.

 

Necessária se faz a explanação acima, na medida em que foram por meio dos dogmas religiosos que a igreja fundiu vários segmentos do cristianismo em um só: o ditado por ela mesma, podendo num instante, proclamar a redenção aos pecados do homem, e em outro, tirar-lhe a vida com base na própria "palavra de Deus".

 

Inegavelmente, o cristianismo é a maior doutrina religiosa que influenciou todo o mundo ocidental.


NOTÍCIA HISTÓRICA SOBRE AS ORIGENS DA INSTITUIÇÃO "IGREJA"

 

Das instituições atuais, a igreja católica é, sem dúvida, parte do império romano que ainda é viva, desde sua arquitetura até à expansão dos domínios, que abrange todo o mundo ocidental.

 

Sua origem remonta a do cristianismo, religião em que os fiéis seguem os ensinamentos de cristo tendo por fonte os livros do Antigo e Novo Testamento e que, resumidamente, registram a história do judaísmo, como por exemplo, a crença em um único Deus e a vida dos antigos profetas, até os registros da vida de Jesus, feitos pelos evangelhos de Marcos, Lucas, João e Mateus.

 

A ideia de "igreja" é a de reunião de pessoas com um objetivo espiritual comum, uma comunhão.