Como considerar o culto ao sucesso pessoal e a necessidade de desenvolver um "curriculum vitae" expressivo em um país como o nosso, com tantas desigualdades sociais e com tão poucas possílidades de a maioria da população chegar a um curso iniversitário e, quando isso acontece, conseguir um emprego compatível com o nível de conhecimento adquirido?

2

Respostas

2014-02-10T18:16:22-02:00
Existem vária formas de abordar o assunto, mais a vertente que mais pesa está relacionada ao capitalismo como é dado na sociedade ocidental. Onde tudo se vende, a imagem consequentemente necessita ser vendida para que as oportunidades se criem. A forma mais comum é a divulgação das habilidades por currículos distribuídos para agências especializadas que verificam a veracidade das informações, PARA OS CURRÍCULOS QUE PARECEM BONS, OU SEJA, QUE FAZEM UMA PROPAGANDA ADEQUADA DE UM PERFIL PROFISSIONAL E PESSOAL, estas agências por sua vez, promovem os candidatos, por vezes vendendo a estes uma consultoria de imagem para impressionarem os contratantes.

Espero que ajude
8 4 8
2014-02-10T20:55:53-02:00
No nosso país nem sempre ter um curso universitário é sinal de sucesso, as vezes falta oportunidade para aqueles que acabaram de se formar. Entretanto depende da área que aquela pessoa escolheu para sua vida. Por exemplo quem faz uma licenciatura (curso para professores) tem muito mais oportunidade de conseguir um emprego do que por exemplo quem faz um curso de administração, e também entram outras questões, como  experiência, apadrinhamento, e alguns tipos de preconceitos sofridos por aqueles que fazem parte de classes menos favorecidas (meu caso).No mundo capitalista em que vivemos o impera é a lei do mais forte, das oportunidades e da eterna luta pela melhoria de vida de todos nós, brasileiros. Espero ter ajudado amigo.
13 4 13