10 respostas para essas 9 perguntas URGENTE.
1. Como é vivenciar a experiência de estar mergulhado em mundo digital?
2. Quais são os aspectos positivos da internet e das redes sociais? No que estas novas tecnologias podem ajudar a pessoa dos jovens?
3. Quais são os perigos da internet e das novas tecnologias? No que o mais uso delas pode atrapalhar a felicidade da pessoa dos jovens?
4. No que consiste a felicidade nesta etapa da vida que é a juventude ? Vocês conhecem algum caso de problemas causados pela internet para alguém?
5. Se vocês pudessem, mandar um recado as pessoas responsáveis por criar e gerenciar as redes sociais, o que vocês diriam a elas? O que deve ser melhorado? O que precisa continuar?
6. Quais desigualdades, violências, exclusões e injustiças eu presencio no meu cotidiano e quais eu finjo que não acontecem? Qual meu sentimento em relação a elas?
7. Já tive a oportunidade de participar de alguma ação sociopolítica? Comente.
8. Qual contribuição tenho dado, hoje em prol da sociedade em que vivo? Quais seriam as principais contribuições que eu, pessoalmente, poderia dar a sociedade?
9. Já utilizei a internet - em especial as redes sociais - como instrumento de ação sociopolítica?

Quem responder coloque o nome completo e a idade.

1

Respostas

A melhor resposta!
2014-02-12T17:56:29-02:00
1) É alucinante, pois com acesso a tanta informação, nós podemos melhorar nossas concepções sobre as coisas.
2) São diversos, isto é, com a internet, temos acessos a informações de forma ágil e simples, e das redes sociais ? bem, preciso responder ? (risos), com acesso as redes sociais nós nos comunicamos com várias pessoas, sendo essas pessoalmente conhecidas ou não, isso nos estimula a estar cada vez mais habituado á sociedade, além do mais, podemos nos comunicar com pessoas que moram em locais diferentes, temos mais meios de aprendizagem e informação.
3) Muitas vezes as pessoas (principalmente os jovens) simplesmente esquecem do mundo e viciam-se navegando horas e horas em um mundo virtual, e isso nos faz totalmente mal, por vários motivos :
psicológico --> Ao se interessar apenas em redes virtuais, estamos nos expondo a uma auto exclusão social, nos afastamos e tendemos a nos sentirmos mais sozinhos.
Físico -->  Além de fazer mal a nossos olhos e cérebro, em frente a um computador por exemplo, estamos totalmente expostos a irradiação transmitida por ele.
Além do mais, não existem apenas "jovens legais" navegando, podemos acabar caindo na mão de um "predador".
4) A composição da felicidade é diferente para todos, não podemos generalizar nos apegando ao fato de que se para fulano uma coisa é boa, e para sicrano também será, a felicidade é muito complexa e indefinida.Sim, existem muitos, existe até mesmo sites com ajuda a formas de morte para pessoas com tendência suicida, (veja o caso do rapaz Yoñlu).
5) Diria que estão fazendo um bom trabalho, porém muitas pessoas o estraguem, e também, por favor, deem um jeito em relação a hacker's, Devem melhorar sua privacidade, parar de dar opções de colocarmos até mesmo a cor da roupa intima que usamos, afinal, isso não é da conta de ninguém, mas muitas vezes as pessoas "anencéfala" colocam pois tem a opção de colocar, e acha isso "legal"... (vai entender ¬¬).
6) Toda vez, até mesmo ao sair de casa, presencio a desigualdade explicitamente nua para todos, como por exemplo : Ao ir para a escola, enquanto eu estou de roupa limpa, barriga cheia, e tive uma noite agradável de sono (pelo menos quando não esta tão calor rs), vejo mendigos pela rua em situações precárias. E também é viável citar as diversas exclusões que existem até mesmo no âmbito escolar e familiar, vejo pessoas depressivas em minha escola, pois as mesmas não se encaixam nos princípios morais socialmente imposto a nós, e esses aspectos porosos são diariamente visto por todos nós.
7) Infelizmente não, pois não tenho poder de autonomia suficiente para participar de tais ações, mas tenho vontade, e participo indiretamente (risos).
8) As contribuições ? acredito que nenhuma, pois, embora eu tenha raiva de muitas coisas que acontecem em nosso pais, eu não me vejo a mercê de ajudar a mudá-lo, não por enquanto. Então digamos que minha maior rebeldia é estudar, eu estudo para quem sabe um dia, eu possa jorrar todo meu aprendizado e toda minha vontade de colocar toda essa raiva de alguns feitos sociais para fora, colocando-me assim, a favor de lutar por um bem comum, como novos métodos de governar por exemplo, pois sinceramente, tem hora que parece que vivemos em uma regime militar embutido, mas não verdadeiro, pois o verdadeiro regime militar trouxe muitas coisas boas para nós, embora todos só veem o lado ruim, e o regime militar embuto é apenas do tipo que nós somos enganados na maior cara de pau em prol de colocar esses corruptos em nome de nossa nação.
9) Sim, embora isso contradiga minha resposta na questão 7. Isto é, eu já assinei várias petições e tudo o que eu possa fazer (virtualmente) para ajudar nosso pais a ser melhor do que ele é. Mas como dito antes, nunca fiz um verdadeiro feito sociopolítico, não fisicamente presente.

Meu nome é : Paloma Santos Monteiro ( mas pode usar só Paloma Monteiro mesmo rsrs')
Idade : Tenho 16 anos :)
3 5 3