Respostas

2014-02-18T20:44:40-03:00

O que o faz ser tão anômalo é a distribuição eletrônica de seu elétron. 

A distribuição eletrônica do hidrogênio é 1s¹, logo, deveria ser um metal alcalino, mas não é. Assim como o hélio, são os únicos elementos que precisam ter dois elétons na última camada para se estabilizarem, sendo exceções à regra do octeto. 

Seu comportamento é mais parecido com o de um halogênio, que têm em sua última camada a configuração eletrônica ns² np5. Isto porque os halogênios precisam receber um eléton para se estabilizar. Desta forma ou fazem uma ligação covalente ou uma ligação iônica para atingirem este intento. 

O hidrogênio faz ligações químicas iônicas com os metais, ficando na forma de hidreto: LiH (hidreto de lítio), CaH2 (hidreto de cálcio) ou ligações covalentes com ametais, NH3 (amônia), H2O (água), HF (fluoreto de hidrogênio), H2 (hidrogênio). 

É por isso que ele está isolado, não há nenhum outro elemento que tenha as mesmas características químicas que possa fazer parte de sua família na tabela periódica.
2014-02-18T23:37:10-03:00
O hidrogênio pertence ao grupo dos elementos de natureza não metálica (Ametal) é colocado acima dos metais alcalinos por conveniência já que em sua camada de valência possui 1 
elétron mas como todo ametal ao fazer ligação com metais seu caráter de ligação será iônico e ao fazer ligações com os ametais seu caráter de ligação será covalente..