Respostas

2014-02-19T15:32:25-03:00
Em seu "Comunicação em Prosa Moderna", da editora FGV, Othon M. Garcia distingue os tipos de clichês:Não se deve confundir o clichê metafórico (metáfora surrada do tipo "O Sol é o astro-rei" ou "a Lua é a rainha da noite") e o fraseológico (do tipo "virtuoso prelado") com a frase-feita (locuções, ditados, rifões) de genuíno sabor popular e tradicional, do tipo "alhos e bugalhos", "onde a porca torce o rabo", "coisas do arco-da-velha", "falar com os seus botões", "camisa de onze varas", "cavalo de batalha", "cobras e lagartos", "fôlego de sete gatos" e muitas outras expressões populares de origem desconhecida ou hermética, em que se refletem a alma, a filosofia e os costumes populares.