Respostas

2014-02-21T15:02:18-03:00
Primeiro, quando os portugueses vieram, buscavam ouro, prata e pedras preciosas.
Como não acharam na quantidade que imaginavam, a primeira atividade econômica foi a extração do pau-brasil, essencialmente no litoral. Por isso as cidades mais antigas, e maiores também, situam-se justamente aí.
Mas essa atividade entrou em decadência, sendo substituída anos depois pela cana-de-açúcar. Essa atividade, associada com a agricultura de subsistência e pecuária ocorreu também no litoral, já que para rumar para o interior do país, haveria necessidade de guerrear e expulsar os índios.
Com o tempo a cana também decaiu, e em fins do século XVII e século XVIII tornaram-se constantes exploração cada vez mais para o interior e a consequente descoberta de minérios (ouro inclusive) nos atuais estados de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Neste mesmo século, já estava bem adiantada a ocupação ao longo do Rio Amazonas. Em ambos os casos, o papel dos jesuítas (por converter indígenas) e o dos bandeirantes (por conquistar mais territórios dos índios) foi fundamental na expansão do país e firmamento de novas cidades
No século XIX, o plantio do café, tornou mais clara a ocupação territorial.
Então durante mais de 3 séculos a ocupação portuguesa, baseada na exploração de matérias-primas foi fundamental para termos o país como o é.