Respostas

2014-02-27T23:22:20-03:00
Porque o governo não queria uma população pensante, se a população refletisse sobre a situação em que o país se encontrava, encontraria motivos para se rebelar. É tanto que todos os movimentos que aconteceram durante a ditadura foram estudantis.
Pois ninguém podia ter pensamento próprio, dar opinião em nada, apenas fazer o que o governo mandasse. Por isso excluíram a filosofia, pois você "filosofar", significa estar expondo seus próprios ideais, e isso não era permitido.
2014-02-28T00:16:53-03:00
Eles queriam pessoas alienadas no governo ditador, a filosofia estimulava o questionamento dos jovens, por isso não...