Respostas

2014-03-02T15:24:26-03:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Prezado Elson,

A pré-história é o período anterior ao aparecimento da escrita, abrangendo o paleolítico e o neolítico (no final do neolítico o ser humano aprendeu a trabalhar com os metais, momento denominado "Idade dos Metais").

Durante o paleolítico, os grupos humanos eram bastante semelhantes ao caçadores-coletores que havia até algumas centenas de anos em algumas partes do mundo (como a Oceania, a América, e África).

As pessoas viviam em grupos de dezenas até algumas poucas centenas de indivíduos, dependendo da caça (geralmente, efetuada pelos homens) e da coleta de produtos vegetais (normalmente, realizada pelas mulheres). Obviamente, com o tempo, o número de animais de uma região diminuía em virtude dos indivíduos abatidos e dos que fugiam, bem como o número de produtos coletados já não eram mais o mesmo, tornando o local menos produtivo para sustentar a vida desses grupos. Quando isso acontecia, eles mudavam para outras áreas, de modo a, assim, obter mais sucesso com a caça e a coleta. Por isso eles eram nômades.

no neolítico, a situação mudou bastante. No Oriente Médio,  havia diversas espécies de plantas que eram extremamente interessantes em termos de domesticação, devido à rapidez da produção, condições de armazenamento da semente, dentre outras características importantes para os humanos. Elas nasciam tão logo havia água, crescendo rapidamente e produzindo logo. Entre elas, o trigo. Com as observações, era armazenar as sementes de trigo em estruturas de barro, nos quais a água e a umidade não entrava, permitindo a manutenção de uma reserva de alimento durante o ano todo, aproveitando-se os períodos mais favoráveis para o plantio. Com isso, era possível garantir alimentos por muito tempo, além de alimentar um maior número de pessoas, sem a necessidade de se mudar para outros locais, criando o sedentarismo a partir da agricultura de espécies de plantas domesticadas, bem como o início da pecuária, com a criação de animais sociais, como cabras, bois, porcos, dentre outros.

Nesse sentido, os grupos passaram a ser maiores, com milhares de indivíduos, de modo que esses grupos tinham vantagens numéricas nas guerras contra os grupos de caçadores-coletores (sempre em menor quantidade).

Devido ao maior número de membros do grupo, os agricultores e pastores apresentavam uma organização social mais complexa, bem como havia a necessidade do controle da terra destinada à plantação e à pecuária, de modo que havia a análise do poder referente à posse dessa propriedade, o que não ocorria nos grupos caçadores e coletores (que eram nômades).

Portanto, os fatores que
culminaram com o aparecimento dos primeiros centros urbanos foi a agricultura e a pecuária de animais de relativa fácil domesticação, bem como de ampla e rápida produção, além de facilidade no manuseio (veja, por exemplo, a dificuldade em se plantar abacaxi frente à semear trigo.

Para melhor compreender todo esse processo, sugiro que veja o vídeo Armas germes e Aço - Saindo do Jardim do Éden, encontrado facilmente no you..tube.

Bons estudos!

2 3 2