Respostas

2014-03-04T22:17:16-03:00
Pouco oferta de emprego e pouca qualificação.No qual submete a tais condições no qual não gostariam de passar.
2014-03-05T11:19:30-03:00

Esta é uma Resposta Verificada

×
As Respostas verificadas contém informações confiáveis, garantidas por um time de especialistas escolhido a dedo. O Brainly tem milhões de respostas de alta qualidade, todas cuidadosamente moderadas pela nossa comunidade de membros, e respostas verificadas são as melhores de todas.
Cara Emilin,

Os trabalhadores estão abrindo mão de direitos conquistados por eles no passado em razão de vários motivos, como:

1) Nos setores em que não se necessitava de escolaridade e qualificação, nos trabalhos mais braçais como a colheita de frutas, no corte da cana-de-açúcar, dentre outras atividades surgiram máquinas que fazem o trabalho mais rápido, em menos tempo, e com bem menos custo para o produtor que o o trabalhador contratado.

Nesse sentido, o valor do trabalho, na sociedade capitalista na qual vivemos sofre alteração de acordo com a lei da oferta e da procura. Com as máquinas, a necessidade de trabalhadores (a procura) diminuiu, embora muitas pessoas, em razão da baixa escolaridade e da pouca habilidade para outras funções, continuem buscando emprego. Assim, os empregadores desses trabalhos mais braçais pagam cada vez menos, muitas vezes até sem respeitar direitos trabalhistas e previdenciários básicos, como o de receber, pelo menos, um salário-mínimo e assinar a carteira.

2) Com a globalização e com a lógica capitalista de menor custo de produção e maior lucro na venda, muitas fábricas têm migrado para países nos quais os salários são baixíssimos, quase não há direitos trabalhistas ou previdenciários, o direito à greve é negado, dentre outros incentivos que barateiam a produção do objeto e permitem lucrar mais. Essa é uma das razões pelas quais as indústrias de calçados do Brasil foram para a China (e com isso muitos de nossos empregos). No intuito de evitar perderem os  empregos para o exterior, muitos sindicatos têm aceitado baixarem os salários e reduzir direitos obtidos anteriormente, como plano de saúde e outros benefícios;

3) Com a maior concorrência internacional, é difícil manter os mesmos direitos, especialmente em trabalhos que requerem pouca qualificação. A saída é o aumento da inovação. Assim, os países desenvolvidos trabalham com a criação de produtos inovadores, que ficam sem ou com pouca concorrência no mercado por um tempo, de modo a cobrar valores são mais elevados que os produtos comuns (pensem no preço de carros ou aviões, por exemplo). Com isso, conseguem agregar valor aos seus produtos, gerando mais empregos, desenvolvimento, educação, e tecnologia. Obviamente, isso exige muito investimento em tecnologia, pesquisa de ponta, dentre outras medidas de médio e longo prazo;

4) Com a crise mundial, a situação financeira das empresas e países piorou muito, de maneira que uma alternativa às demissões em massa está na redução de gastos através do fim de alguns direitos adquiridos;

5) Com a queda do Socialismo no mundo, o capitalismo passa a usar medidas mais agressivas para lucrar mais, ainda que isso signifique a piora da qualidade de vida das pessoas, seja pela crise ambiental, seja pela crise de emprego em muitos países. Isso afeta, especialmente, os jovens e as pessoas de mais idade da população mundial.

Bons estudos!
2 5 2