Respostas

2013-05-08T21:55:43-03:00

Na multiplicação de monômios não há a exigência de que os monômios sejam semelhantes, ou seja, não é necessário que os monômios tenham a parte literal igual, devemos apenas utilizar a propriedade comutativa da multiplicação para agruparmos a multiplicação de coeficiente com coeficiente e de parte literal com parte literal. Vejamos um exemplo:

Por não possuir nenhum número igual, não foi possível multiplicar as partes literais entre si, portanto deixaremos apenas indicada a multiplicação de x por y. Vejamos um exemplo no qual poderemos multiplicar os elementos da parte literal:

Quando existir algum elemento de base igual na parte literal, poderemos aplicar as propriedades de potência de mesma base, em que efetuamos a soma dos expoentes, na multiplicação. Façamos um exemplo com a parte literal com muitas variáveis:

Na divisão, o processo se assemelha ao da multiplicação, de modo que dividiremos coeficiente por coeficiente e parte literal por parte literal. Devemos nos atentar na divisão da parte literal para aplicarmos de forma correta as propriedades da potência de mesma base.

Veja que aplicamos a propriedade da divisão de potência de mesma base numérica, pois tínhamos a parte literal com variáveis de mesma base. Caso não fosse essa mesma base numérica, não seria possível dividir a parte literal dos monômios. Vejamos um exemplo no qual os elementos não são todos de mesma base:

Veja que só dividimos o x da parte literal, pois era o único elemento com mesma base numérica. Como não é possível aplicar nenhuma propriedade de divisão para os elementos a, b, deixaremos a divisão indicada em nossa expressão algébrica.