Respostas

2014-03-06T17:04:43-03:00
A decadência da sociedade feudal é iniciada a partir da Crise do Século XIV, quando as alterações climáticas interferem na agricultura, trazendo um período de grande fome. Dessa forma, os senhores feudais sentem-se obrigados a liberar os servos dos feudos, de forma que se não há o que colher não deve haver quem colha. Assim, os senhores estariam livres da obrigação de proteger os servos que optaram por sair dos feudos.
Além da grande fome, outro fator agravante contribuiu para o fim do modelo feudal. A Peste Negra, ou Peste Bubônica, que era transmitida através da pulga dos ratos (que eram trazidos em meio as mercadorias vindas do Oriente, dentro dos navios) assolou a sociedade daquele tempo, e chegou até a ser considerada castigo divino. 
Os servos, que já estavam com imunidade baixa devido a falta de comida, foram os mais prejudicados perante à esse caos, então, surgiram as revoltas camponesas. E, em função do prejuízo que essa parcela da população vinha tendo, eles se unem em prol de um único bem: Melhorar as suas condições de vida. E então, os servos passam a tacar fogo nos castelos, estuprar as princesas, utilizar as ferramentas de trabalho como armas, e como resposta, os nobres reduzem as obrigações servis, a fim de amenizar a situação e se unem, formando os reinos, organizando exércitos, formando estados monárquicos e etc. É quando a população finalmente consegue se libertar dos senhores feudais e dos altíssimos impostos cobrados. Mas, os nobres percebem que estão perdendo a sua força e se unem novamente, para fundar a nova forma de governo, as Monarquias Absolutistas. É o fim do Sistema Feudal.
Com o fim deste modelo, o comércio se torna a principal atividade econômica, com o retorno da circulação monetária e a assenção de dois novos povos: a burguesia e os artesãos. 

Espero que tenha ajudado! Beijos :*