Respostas

2014-03-06T22:30:49-03:00
A concepção  universalista, defendida pelos franceses, carrega em si, um sentido coletivo, a cultura da humanidade. 

A visão particularista, dos alemães, define que cada cultura é única e tem um estilo particular.
2 5 2
2014-03-06T22:36:34-03:00
A concepção universalista, defendida Pelos franceses, carrega em si, um sentido coletivo, a cultura da humanidade. Um dos defensores da concepção foi Edward Tylor, herdeiro do Iluminismo, que definiu cultura como sendo um conjunto comþlexo que inclui as crenças, a arte, o direito, os costumes e as outras capacidades ou hábitos adquiridos pelo homem enquanto membro da sociedade. 

A visão particularista, dos alemães, define que cada cultura é única e tem um estilo particular. Franz Boas, etnógrafo alemão, logo no início de suas pesquisas, percebeu que a organização social era determinada mais pela cultura do que pelo ambiente físico. Para ele não há diferença de “natureza” (biológica) entre primitivos e civilizados, somente diferenças de culturas de culturas
 Os franceses e os alemão são grande influencias  
universalista e particularista
pois são ideias distintas uma vez falar da natureza e a outra da sociedade.

2 5 2