Tenho visto tanto coisa nesse mundo de meu DeusCoisas que prum cearense não existe explicaçãoQualquer pinguinho de chuva fazer uma inundaçãoMoça se vestir de cobra e dizer que é distraçãoVocês cá da capitá me adiscurpe essa expressãoNo Ceará não tem disso não...Tem disso não, tem disso não...(Luiz Gonzaga)

a) Que linguagem foi usada para escrever essa canção?b) Essa linguagem atrapalhou o entendimento da ideia que o autor desejou transmitir?c) Se essa música fosse escrita/cantada seguindo à risca a norma culta da língua, continuaria com a mesma beleza melódica?d) Retire desta música palavras e expressões da linguagem coloquial e justifique o uso.

1
Que tipo de texto é este?
Um poema com ritmo, ou seja, uma música.

Respostas

2014-03-10T13:01:05-03:00
Olá, Sharidaoliveir.

A) Informal/coloquial.
B) Não.
C) Na minha opinião, não. A beleza está na forma simples de cantar do homem do interior.
D) Capitá: Luiz Gonzaga quis dizer capital.
    Adiscurpe: quer dizer desculpe.
    Prum: para um.

Espero ter ajudado!
1 5 1