Respostas

2014-03-10T18:31:29-03:00
 a) Catáfora – dizemos que há catáfora, quando um termo se refere a outro que vem à frente e lhe dá, a partir deste, o seu sentido estricto, rigoroso. Dois exemplos:
   1. – Esta foi sempre a minha doutrina: tudo que há de bom e útil no mundo, se consegue procedendo por amor ao próximo.
   2. – Está na sala familiar, e entre todos nós, aquele irmão amigo que todos conhecemos e muito estimamos.
   Conclusão: referência catafórica pode ser uma referência em que haja uma catáfora. Ou uma referência semelhante a uma catáfora.
   b) Anáfora – consiste na repetição de uma ou mais palavras no princípio de enunciados sucessivos, em que sobressai com ênfase o elemento repetido. Um exemplo:
   Passou muito tempo... passou um tempo infinito de anos e anos, um tempo de sacrifício que me parecia eterno, até conseguir aquele bem que todos conheceis e experimentais.
   Na linguística textual, a anáfora é um procedimento sintáctico que consiste em repetir um elemento anteriormente expresso. Essa repetição faz-se frequentemente por meio dum pronome. Exemplo:
   Vi no outro lado da rua o João, chamei-o, disse-lhe o que pretendia, e ele acolheu a minha ideia e ajudou-me.
   Conclusão: referência anafórica pode ser uma referência em que haja anáfora; ou então uma referência semelhante a uma anáfora.A Catáfora é um termo utilizado em lingüística para uma expressão que se refere a algo que será dito no texto posteriormente. No exemplo a seguir "O passáro seguia-o pelo caminho, reparou o moço" o pronome oblíquo "o" refere-se a moço. 

Anáfora é a repetição da mesma palavra ou grupo de palavras no princípio de frases ou versos consecutivos. É uma figura de linguagem comum nos quadrinhos populares, música e literatura em geral, especialmente na poesia. 

2014-03-10T18:35:54-03:00
Anafórico são aqueles pronomes que se referem a palavras ou expressões que já ocorreram antes, ou sejam, antecipam. Catafório se refere a um termo que ainda vai ser posto na frase.